Dor no paciente com Câncer

     Os pacientes com doenças oncológicas (câncer) podem apresentar todos os tipos de dores que a população de uma forma geral pode apresentar somado a dor da lesão tumoral propriamente dita. Desta forma, quando avaliamos um paciente com doença oncológica devemos tentar buscar a causa da dor e separar os componentes desta dor. Geralmente a simples prescrição de medicamentos seguindo tabelas ou algoritmos acarreta uma grande chance de insucesso no tratamento desta afecção. 

O tratamento da dor em pacientes com câncer é difícil?

     Depende. Pacientes com doença oncológica podem ter uma dor muscular de simples tratamento ou podem ter quadros dolorosos bastante complexos. Devemos sempre avaliar o paciente de uma forma global e identificar os componentes principais do quadro doloroso. 

A dor dos pacientes com câncer pode ser controlada?

     Sim. Existem diversos tratamentos disponíveis e aquele mito que pacientes com câncer sofrerão com dor não é mais verdade. 

Nos pacientes terminais, como é feito o tratamento da dor?

     Neste cenário de pacientes terminais, que pode ser decorrente de doenças oncológicas ou de outras doenças, devemos sempre respeitar a decisão do paciente e de seus familiares. O quadro doloroso pode e deve ser sempre tratado pois a dor em si é fator que compromete muito o indivíduo nesta fase tão importante da vida para o paciente e seus familiares. 

Consultório Vila Clementino - Rua Botucatu 591, Sala 42 | CEP 04023-060

Consultório Tatuapé - Rua Catiguá 159, Sala 1018 | CEP 03065-030

Dr Thiago Rodrigues | CRM 140571 | RQE 59016

Neurocirurgia e Clínica de Dor

Screen Shot 2021-02-04 at 15.47.40.png
011 975725770  (mensagens Whatsapp)
011 41117587 (tel fixo do consultório)
Screen Shot 2021-02-04 at 15.47.40.png